sábado, 29 de maio de 2010

Programação- 1° Seminário da Rede de Educadores em Museus

1º Seminário da REM-Goiás


Programação do 1º Seminário da REM-Goiás

Dia 07 de junho

14h00 Visitas monitoradas à Exposição Lavras e Louvores, do Museu Antropológico da UFG

18h30: Credenciamento

19h00: Mesa de Abertura Manuelina Duarte (Coord. Provisória da REM-Goiás e profa. de Museologia FCS/UFG), Nei Clara de Lima (Diretora do Museu Antropológico), Maria Luiza Rodrigues Souza (Coord. Curso de Museologia FCS/UFG) e Abigail Rezende (Diretora do Centro de Formação dos Profissionais da Educação)

19h30: Palestra: Educação Formal e Educação Não-Formal: caminhos e desafios
Andréa Vial – Expomus (São Paulo)


Dia 08 de junho

14h00 Oficina: Educação Patrimonial no Ceará: narrativas e práticas do projeto Patrimônio Para Todos
Juliana Marinho – EAOTPS/IACC
22 vagas ( Inscrições por ordem de chegada no credenciamento)

19h00 Palestra: Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho – uma experiência de educação de jovens através do patrimônio cultural no Ceará
Juliana Marinho – Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho, Instituto de Arte e Cultura do Ceará


Dia 09 de junho

14h00- Relatos de experiência:
Maria Lina de Oliveira Fernandes - Profa. de Artes da Escola Municipal Balneário Meia-Ponte
Warlúcia Pereira Guimarães - Professora de História - CEFPE

15h30- Discussão e votação do estatuto

17h30- Eleição das coordenações da REM-Goiás

19h00 Palestra: Educação em museus: os lugares de memória e a construção da cidadania
Ivanilda Junqueira
Profa. do Curso de Museologia FCS/UFG

21h00 Mesa de Encerramento
Manuelina Duarte (Coord. Provisória da REM-Goiás), novos coordenadores da REM-Goiás

sexta-feira, 21 de maio de 2010

1 Seminário da Rede de Educadores em Museus de Goiás


Prezados(as),
A partir de hoje vamos divulgar semanalmente um pouco sobre as atividades realizadas pelos nossos convidados. Esta semana vamos falar um pouco sobre Juliana Marinho, que vai desenvolver duas atividades que são:
Oficina: Educação Patrimonial no Ceará: narrativas e práticas do projeto Patrimônio Para Todos
Palestra: Escola de Artes e Ofício Thomaz Pompeu Sobrinho – uma experiência de educação de jovens através do patrimônio cultural no Ceará.



Para Conhecer mais o projeto Patrimônio para Todos entre no site abaixo:
http://patrimonioparatodos.wordpress.com/

quarta-feira, 12 de maio de 2010

PROGRAMA – OFICINA “AUSÊNCIA QUE É PRESENÇA: ASPECTOS DO PATRIMÔNIO CULTURAL AFROBRASILEIRO NOS MUSEUS DA CIDADE

PROGRAMA – OFICINA “AUSÊNCIA QUE É PRESENÇA: ASPECTOS DO PATRIMÔNIO CULTURAL AFROBRASILEIRO NOS MUSEUS DA CIDADE”




Título: Ausência que é presença: aspectos do patrimônio cultural afrobrasileiro nos museus da cidade.

Local: Salão de Eventos e Pátio do Museu das Bandeiras (MUBAN)/IBRAM, Cidade de Goiás-GO.

Datas/Horários:
Ø 14-18/05/2010, das 09h00 às 12h00; das 14h00 às 17h00.

Professora:
Ø Luciene Bonfim de Oliveira

Carga horária: 24 horas

Número de vagas: 20


I - EMENTA: De acordo com pesquisa feita pela historiadora Maria Lemke Loiola, “os documentos administrativos e fazendários fornecem informações importantes para compreender a importação de escravos. Mesmo nas denúncias, Salvador aparece como o principal ponto de intercessão entre África e Goiás para o abastecimento de escravos novos (LOIOLA, 2009). Tendo em vista esta afirmação histórica e sendo a Bahia considerada o “berço da cultura africana” no Brasil, esta oficina pretende atualizar aspectos do patrimônio cultural afrobrasileiro ainda vivos na Bahia, mas muitas vezes “esquecidos” em Goiás, “perdidos” na longa trajetória Salvador-Vila Boa de Goiás. Uma ausência que é presença, notada (ou apagada), também no acervo do Museu das Bandeiras.

II – CONTEÚDOS:

14 /05/10 (manhã):
Ø Comidas típicas: xinxim de galinha, feijão fradinho e vatapá.

14 /05/10 (tarde):
Ø Doces africanos: cocada puxa e a moda.

15/05/10 (manhã):
Ø Confecção de ojás (turbantes).

17/05/10 (manhã):
Ø Confecção de colares com miçangas.

17/05/10 (tarde):
Ø Músicas de origem yorubana, com tradução.

18/05/10 (manhã):
Ø Bolinho de tapioca (bolinho estudante).

18/05/10 (tarde):
Ø Quitutes afrobaianos: abará e acarajé.


III - OBJETIVOS

Ø Transmitir conhecimentos sobre aspectos do patrimônio cultural afrobrasileiro;
Ø Ensinar a fazer algumas comidas típicas, utensílios ornamentais e cantigas tradicionais africanas.


IV - METODOLOGIA:

Ø Aula expositiva.
Ø Aula prática.


V - Recursos didáticos

Ø Data-show, aparelho de som.


BIBLIOGRAFIA

LODY, Raul. Santo também come. Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
LOIOLA, Maria Lemke. Trajetórias para a liberdade: escravos e libertos na capitania de Goiás. Goiânia: Editora UFG, 2009.

O Museu das Bandeiras e o Museu de Arte Sacra da Boa Morte (Cidade de Goiás-GO) convidam para as suas atividades na 8ª Semana Nacional de Museus

O Museu das Bandeiras e o Museu de Arte Sacra da Boa Morte (Cidade de Goiás-GO) convidam para as suas atividades na 8ª Semana Nacional de Museus:

· Dia 13/05, a partir das 19h30 no Salão de Eventos do Museu das Bandeiras, palestra “Harmonia e Conflito: patrimônio cultural afrobrasileiro nos museus da cidade”, com participação do professor Alex Ratts, da Universidade Federal de Goiás, e da historiadora Luciene Bonfim, de Salvador-Bahia;

· Dias 14, 15, 17 e 18, a partir das 09h00 da manhã, no Salão de Eventos e no Pátio do Museu das Bandeiras, oficinas de Conservação Preventiva de acervos museológicos, com a professora Graça Teixeira, da Universidade Federal da Bahia, e de patrimônio cultural afrobrasileiro, com Luciene Bonfim;

· Dia 18/05, às 09h30, abertura da exposição temporária “Rondon: um bandeirante contemporâneo em busca da harmonia social”, com ilustrações do artista visual Pedro Otto;

· Dia 18/05, às 19h30, palestra “Harmonia e Conflito: o objeto museal como representação social”, com a professora Graça Teixeira, da Universidade Federal da Bahia.



Segue no anexo a programação da Oficina de Patrimônio Cultural Afrobrasileiro.



Inscrições e maiores informações no Museu das Bandeiras, Praça do Chafariz. Telefone 3371-1087. Email: muban@iphan.gov.br.

domingo, 9 de maio de 2010

Realização da 1ª Reunião da Rede de Educadores em Museus de Goiás- REM-GO

18/05/10 - 11:00h
Realização da 1ª Reunião da Rede de Educadores em Museus de Goiás- REM-GO
- A Rede de Educadores em Museus (REM) surgiu em 2004 com o intuito de congregar educadores, profissionais da cultura, dos museus, de centros culturais, artísticos e científicos para a discussão de temas relacionados à educação em seus espaços de atuação. Com o incentivo da REM/RJ, outras manifestações em rede surgem e espalham-se por outras regiões do Brasil,e agora temos a 1ª Reunião da REM-GO, que organiza seu primeiro seminário público para os dias 07 a 09 de junho de 2010. Pretendemos nesta 1ª Reunião conhecer os membros inscritos online que estão participando da troca de informações apenas em meio virtual e reforçar os canais de comunicação e debate da REM-GO. Todos os nteressados em participar da Rede, especialmente professores de ensino médio e fundamental e trabalhadores de museus e espaços culturais do Estado de Goiás, estão convidados. A inscrição poderá ser feita na própria reunião ou pelo e-mail remgoias@gmail.com

sexta-feira, 7 de maio de 2010

18 de maio é o Dia Internacional de Museus


18 de maio é o Dia Internacional de Museus e para comemorar a data em 2010 o Conselho Internacional de Museus (ICOM) propôs o tema Museus para a Harmonia Social. No período de 17 a 23 de maio museus de todo o mundo estarão com programações especiais e, como já é tradição, o Museu Antropológico da Universidade Federal de Goiás realizará atividades específicas para o seu público.
2010 tem um motivo a mais para ser comemorado
. O Museu Antropológico completa 40 anos de existência no mês de setembro. As atividades especiais do dia 18 de maio também marcarão o início dessas comemorações. O mais importante para nós é contar com a sua presença, pois é nosso público que possibilitou e motivou esses 40 anos de trabalho: pesquisas, exposições, eventos, atividades educativas e culturais, estágios, entre outros.
Novas atividades estão sendo programadas. Venha comemorar conosco, participe do Dia Internacional de Museus e dos 40 anos do Museu Antropológico!
PROGRAMAÇÃO

18/05/10 - 9:00h
Conferência Museus para a Harmonia Social (Profa. Manuelina Maria Duarte Cândido/FCS/UFG)
- Considerando como papel essencial da Universidade discutir temas candentes para a sociedade, a conferência irá problematizar o tema Museus para a Harmonia social a partir de um olhar que procura perceber as possibilidades e os limites de uma Museologia postulada internacionalmente diante de realidades concretas.


18/05/10- 10:30h
Lançamento, em Goiás, do Código de Ética do ICOM para Museus - versão Lusófona
- O ICOM-BR (Comitê Brasileiro do International Council of Museums) organizou, juntamente com o ICOM-PT (Comitê Português), nova versão em português do Código de Ética, aprovada pelas assembléias gerais de ambos os comitês. No Brasil as tiragens vêm sendo feitas a partir de parcerias entre o ICOM-BR e diferentes instituições em cada Estado da Federação. A presente publicação, de responsabilidade do Museu Antropológico da Universidade Federal de Goiás , prevê uma tiragem de mais de 2.000 exemplares e é a primeira a reservar parte da publicação para distribuição em países e comunidades de língua portuguesa, em especial, africanas. O lançamento do Código de Ética do ICOM, versão lusófona, é mais um evento que marca o início das comemorações dos 40 anos do Museu.

Lançamento da Carta Arqueológica - Divisão Regional para o Registro e Cadastramento de Sítios Arqueológicos do Estado de Goiás - 2ª edição
- Esta publicação constitui-se em importante instrumento de normatização da pesquisa arqueológica no Estado de Goiás. Lançada pela primeira vez em 1972,a Carta Arqueológica passou por readequações e atualizações, visando atender, entre outros aspectos, a configuração geográfica e político-administrativa do Estado, após sua divisão, e as atuais demandas atuais da pesquisa arqueológica na região. É com satisfação que o Museu Antropológico cumpre mais uma importante missão, trazendo ao público esta 2ª edição.


18/05/10 - 11:00h
Realização da 1ª Reunião da Rede de Educadores em Museus de Goiás- REM-GO
- A Rede de Educadores em Museus (REM) surgiu em 2004 com o intuito de congregar educadores, profissionais da cultura, dos museus, de centros culturais, artísticos e científicos para a discussão de temas relacionados à educação em seus espaços de atuação. Com o incentivo da REM/RJ, outras manifestações em rede surgem e espalham-se por outras regiões do Brasil,e agora temos a 1ª Reunião da REM-GO, que organiza seu primeiro seminário público para os dias 07 a 09 de junho de 2010. Pretendemos nesta 1ª Reunião conhecer os membros inscritos online que estão participando da troca de informações apenas em meio virtual e reforçar os canais de comunicação e debate da REM-GO. Todos os nteressados em participar da Rede, especialmente professores de ensino médio e fundamental e trabalhadores de museus e espaços culturais do Estado de Goiás, estão convidados. A inscrição poderá ser feita na própria reunião ou pelo e-mail remgoias@gmail.com